• Vila Olímpica tem medidas exatas para validar índices oficiais

  • Luiz de Carvalho

O que a Vila Olímpica é hoje e o que será no futuro foi programado há 18 anos, quando a Prefeitura realizou um concurso para escolher um projeto para aproveitamento do espaço ao lado do Estádio Willie Davids e do Ginásio Chico Neto.

O vencedor foi o arquiteto Wálter César Goraieb, que em seguida projetou a Central de Merendas, o Ginásio Waldir Pinheiro e outras obras.

Com o convênio com o Ministério dos Esportes para a construção de obras que privilegiassem os esportes individuais, Goraieb fez uma readequação do projeto original.

O Diário: O que difere essa vila olímpica de um complexo esportivo comum?

Wálter Goraieb: Todo o conjunto foi concebido para atender às necessidades do esporte individual em termos de resultado de competição. Para que os índices sejam válidos, os equipamentos têm que ser precisos, praticamente sem tolerância no dimensionamento. As medidas do velódromo e das piscinas são exatas.

O Diário: Tolerância zero?

Wálter Goraieb: As medidas têm que ser exatas, caso contrário não podem ser oficializados os índices. A piscina olímpica, por exemplo, têm que ter exatos 50 metros, já incluindo o painel de toque.

O Diário: Podemos dizer então que Maringá está equipada para competições de alto nível?

Wálter Goraieb: Esse equipamento servirá para a realização de competições oficiais, e também para os treinamentos de alto nível esportivo, ou seja, para atletas que já estão com bom nível de desenvolvimento e querem se aperfeiçoar para disputas internacionais, como os Sul-Americanos, Olimpíadas.

O Diário: O material empregado difere muito do usado na construção de outras praças de esportes?

Wálter Goraieb: Em muitos aspectos. Alguns são materiais normais da Construção Civil, mas outros são específicos, com dimensões específicas. Os azulejos das piscinas, por exemplo, têm absorção de água bem inferior aos azulejos comuns. O velódromo tem um revestimento especial com um sistema de piso industrial de alta resistência.

O Diário: O senhor já havia executado algum trabalho que exigisse tamanho rigor?

Wálter Goraieb: Todo o projeto da Vila Olímpica segue esse mesmo rigor no que se refere à precisão de medidas. Em 1990, quando participei da concepção do que seria a Vila Olímpica, a idéia foi trabalhar com medidas precisas para possibilitar a oficialização dos índices. O rigor vem desde as primeiras obras que projetei nesse espaço, que foram a central de merendas e o ginásio de esportes Waldir Pinheiro.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 8
  • 23
  • 28
  • 30
  • 32
  • 51

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.