• Piscina: não é mais preciso ser rico para ter uma em casa

  • Especial para O Diário Carol Souza

Douglas Marçal


Mina Vasconcelos realizou recentemente o sonho de

ter uma piscina

Ir aos clubes deixou de ser um costume para muitas famílias em Maringá. Hoje em dia, a maioria quer mesmo é ter sombra e água fresca por perto, de preferência no quintal de casa. E para quem pensa em ter uma piscina, a boa notícia é que elas estão cada vez mais populares.
Basta uma rápida olhada em programas como o Google Maps ou Google Earth, que disponibilizam fotos da Terra feitas por satélite, para constatar essa tendência. O Diário fez esse levantamento e contabilizou quase 2.250 piscinas em toda a cidade, sem contar as cobertas. Levando-se em consideração o número de domicílios, é quase uma piscina para cada 59 imóveis.

Além do clima propício, a popularização das piscinas também é explicada pela diminuição do preço e o crescimento da renda da população. Quem não se importar com tamanho, pode comprar as piscinas mais simples, que são desmontáveis, por até R$ 100.

Mas para aqueles que querem algo maior, para acomodar família e amigos, com R$ 9 mil já é possível comprar uma piscina de fibra de vidro (6 x 3 com 1,40 de profundidade) instalada em no máximo uma semana, financiando esse valor em até 12 vezes. Já uma a piscina de vinil, de mesmo tamanho, sai um pouco mais cara: aproximadamente R$ 14 mil e cerca de 40 dias para ser instalada. A mesma piscina, de alvenaria, custa em média R$18 mil e pode levar 60 dias para ficar pronta.

De acordo com o engenheiro Adelson Luiz Klem, as piscinas de fibra de vidro podem reduzir em até 70% o custo do produto, principalmente por exigirem menos mão de obra. "Porém, é um material que limita os formatos e o transporte é complicado. Muitas vezes você tem o local e não tem como ter acesso".

As de concreto e vinil são mais versáteis, sem limites de formato ou tamanho. "Qualquer um dos tipos, desde que sejam tomados cuidados frequentes de manutenção, podem durar por tempo indeterminado" explica o engenheiro.
Em março deste ano a professora de Educação Física aposentada Mina Vasconcelos decidiu instalar uma piscina de fibra de vidro na casa dela. O sonho antigo se tornou realidade depois de uma artrite no joelho.
"O ortopedista indicou fazer hidroginástica constantemente, então aproveitei e construí uma".

Ela conta que, nos dias quentes, também gosta de reunir as amigas para um bom bate-papo em volta da piscina.

Vendas

Ter uma piscina em casa requer investimento, mas os especialistas garantem: a evolução tecnológica que trouxe novos materiais (vinil e a fibra de vidro) e a variedade de opções garantem gastos bem menores que há algum tempo atrás.
Para o empresário Antônio Marcos de Oliveira, que está no setor há quase 25 anos, 2010 foi um ano em que as vendas superaram as metas. "Vendemos aproximadamente 40 piscinas até agora e a tendência é que esse crescimento permaneça."

Fábio Salinas, que há 20 anos trabalha com a venda e instalação de piscinas, explica que apesar da concorrência na cidade, não tem motivos para reclamar.

"As maiores facilidades de pagamento e a melhora no poder aquisitivo da população, estão colaborando para as vendas crescentes. Só em novembro foram 15 piscinas vendidas", comemora.

 

DESEMPENHO
"As maiores facilidades de pagamento e a melhora no poder aquisitivo estão colaborando para as vendas de piscinas"
Fábio Salinas
Empresário do setor

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 57
  • 23
  • 38
  • 13
  • 34
  • 27

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.