• Venezuela prende suposto 'mercenário' vindo dos EUA

Um cidadão americano foi detido pelas autoridades venezuelanas por supostamente tentar entrar no país sul-americano ilegalmente, disse o presidente Hugo Chávez na noite de quinta-feira. O líder venezuelano acrescentou que o homem não identificado parece ser suspeito e uma espécie de "mercenário". Chávez não revelou o nome do homem detido, mas disse que ele é de "origem latina" e foi preso "quatro ou cinco dias atrás" quando estava entrando na Venezuela pela Colômbia, na fronteira com o Estado de Táchira (localizado ao oeste venezuelano).

O suspeito carregava um "notebook com coordenadas" e tentou destruir o equipamento ao ser capturado, disse Chávez. Além disso, afirmou o presidente, portava passaporte com carimbos de vários países, incluindo Iraque, Afeganistão e Líbia, obtidos nos últimos anos. "Ele tem toda a aparência de ser um mercenário. Nós estamos o interrogando", afirmou Chávez. Nenhuma autoridade americana se manifestou sobre o caso. (Dow Jones)

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 9
  • 51
  • 20
  • 24
  • 52
  • 43

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.