• Zuma investigará 34 mortes em confronto

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, anunciou nesta sexta-feira uma investigação oficial sobre as "chocantes" mortes de 34 trabalhadores em um tiroteio com a polícia sul-africana, em uma mina de platina controlada pela empresa Lonmin Plc. As mortes ocorreram em vários confrontos durante esta semana, embora a maioria tenha acontecido em um tumulto confuso na quinta-feira. A mina fica a 60 quilômetros de Johannesburgo, maior cidade e centro industrial e financeiro da África do Sul.

"Nós temos que descobrir a verdade sobre o que aconteceu lá. A esse respeito, eu decidi instituir uma comissão investigadora. A investigação nos permitirá descobrirmos a verdadeira causa do incidente e também aprendermos as lições necessárias com ele", disse Zuma.

A polícia abriu fogo contra manifestantes armados na quinta-feira. Desde a segunda-feira os manifestantes e guardas da mina Marikana tiveram vários incidentes e confrontos, que deixaram cinco mortos. A mina de platina fica perto da cidade de Rustenburg. "Isso é inaceitável no nosso país, que é um país onde todos se sentem confortáveis. Um país que tem uma democracia que todo mundo inveja", disse Zuma à agência France Presse (AFP).

"Por isso, foi uma coisa chocante. Não sabemos de onde isso veio mas temos que investigar", afirmou o mandatário. Após o número de mortos ficar claro nesta sexta-feira, Zuma cancelou uma visita oficial que faria a Moçambique para uma cúpula da África Austral e foi à mina de Marikana, onde conversou com policiais e autoridades. Mais tarde, ele deverá visitar alguns dos 78 feridos que foram levados a hospitais vizinhos.

As informações são da Dow Jones.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 2
  • 6
  • 18
  • 23
  • 31
  • 46

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.