• Destinação do lixo é prioridade para a Amusep

  • Luiz de Carvalho

 

Luiz de Carvalho

Vanderlei Santini (Ivatuba), Fernando Brambilla (Santa Fé), Maly Benatti (Nova Esperança) e José Benatti


A ação conjunta dos trinta municípios da região para solucionar a questão do gerenciamento dos resíduos sólidos, implantação de internet gratuita em todas as cidades e o fortalecimento das parcerias com a Universidade Estadual de Maringá (UEM), Cesumar, Sebrae e Emater em projetos que resultem em desenvolvimento econômico e geração de empregos foram a tônica da primeira reunião da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) sob a presidência do prefeito de Santa Fé, Fernando Brambilla (PMDB), ontem à tarde no Hotel Fazenda Santo Bandeirantes, em Santa Fé (a 50 quilômetros de Maringá).

A reunião dos prefeitos, com a participação de representantes das instituições parceiras, serviu para que o ex-presidente Cyllêneo Pessoa Pereira Júnior (PP), de Mandaguari, fizesse um balanço do trabalho realizado em 2010 à frente da entidade, que é considerada a melhor associação do gênero do Paraná e referência nacional.

 

Modelo
"O Paraná é um Estado referência em
consórcios intermunicipais de Saúde."
Sílvio Barros (PP)
Prefeito de Maringá

Cileninho falou ainda dos desafios que a nova diretoria vai enfrentar, como a necessidade de unir os prefeitos em uma solução para a destinação dos resíduos sólidos.

 

"O lixo é um problema em todos os municípios brasileiros e todos têm prazo somente até agosto do ano que vem para aprovar os planos de gerenciamento de resíduos e dentro de três anos acabar com os lixões a céu aberto", destacou, lembrando que os prefeitos que não cumprirem a determinação do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) poderão responder criminalmente.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisamusep), Sílvio Barros (PP), prefeito de Maringá, também falou do empenho para que o consórcio possa prestar um serviço de qualidade e eficiente aos moradores dos trinta municípios da Amusep. "O Paraná é uma das referências em consórcios intermunicipais e nossa experiência está sendo útil para aplicação em outros Estados brasileiros", disse.

Brambilla adiantou que se baseará na experiência de ex-presidentes da Amusep para dar continuidade ao trabalho realizado nos últimos anos à frente da entidade de prefeitos. "Os problemas da maioria dos nossos municípios são praticamente os mesmos e em muitos casos temos que buscar soluções conjuntas", declarou, citando que a destinação do lixo deve ser uma das principais preocupações da atual diretoria.

Outra prioridade será a execução do projeto para implantar internet grátis em toda as trinta cidades da Amusep. O projeto já foi aprovado no Ministério da Ciência e Tecnologia e agora depende da liberação dos recursos.

Veja também

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 7
  • 24
  • 28
  • 46
  • 53
  • 56

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.