• Polícia divulga foto dos sete criminosos mais procurados

  • Roberto Silva

A Polícia Civil de Maringá divulgou nesta sexta-feira (11) as fotos de sete foragidos da Justiça, entre eles uma mulher. Todos estão com prisões preventivas decretadas e respondem a processos que variam de sequestro, homicídio, roubo à mão armada a furto de veículos.

O objetivo de divulgar as fotos é para que a população os reconheça e ajude a localizá-los. A decisão de divulgar as fotos partiu da Seção de Furtos e Roubos (SFR) da 9ª Subdivisão Policial, que há investiga denúncias de que boa parte dos foragidos continua agindo na cidade.

"O anonimato é um grande trunfo para o criminoso, pois permite que mude constantemente de endereço e passe despercebido da vizinhança", explica o chefe da SFR, investigador João Osmar Evarini.

A reportagem de O Diário teve acesso às fichas dos procurados e verificou que eles acumulam em conjunto condenações superiores a 200 anos de reclusão. Entre eles está um integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) - organização criminosa radicada em São Paulo - identificado como Cláudio Aparecido Batista, 43 anos, conhecido pelas alcunhas de "Magrão" e "Cipó".

Considerado de alta periculosidade, Batista é apontado como mentor e líder de uma quadrilha que, em janeiro deste ano, sequestrou a esposa e filha de um empresário de Astorga.

As vítimas foram libertadas após o pagamento de resgate e três integrantes foram presos dias depois pela Polícia Civil de Maringá. Informações asseguram que Batista estaria refugiado no interior paulista, mas a polícia sabe que ele tinha planos para agir em Maringá.

Não menos perigoso, Gilgames Gonçalves de Carvalho, 25 anos, o "Gil Baiano", responde a processo por uma tentativa de latrocínio ocorrida em agosto do ano passado em Maringá. Acompanhado de um comparsa, ele invadiu uma casa no Jardim Aeroporto e desferiu um tiro na moradora, de 36 anos.



Além de homicídio na Bahia, "Gil Baiano" tem antecedentes por tráfico de drogas, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Contra ele há três mandados de prisão preventiva. Na última vez que foi visto, "Gil Baiano" residia no Jardim Santa Felicidade.

Roubo e homicídio
A lista de procurados inclui ainda outros cinco jovens, todos envolvidos com roubo à mão armada e homicídio. Entre eles, destaque para uma mulher - Rosangela Aparecida Alves de Melo, 27 anos, a "Rô" - acusada de envolvimento em pelo menos três assaltos.

"Apesar da aparente fragilidade, ela costuma agir sozinha, sempre empunhando um revólver ou pistola, e não titubeia em acionar o gatilho caso seja contrariada", alerta Evarini.

Segundo o delegado Marcio Vinicius Amaro, a participação da população na localização dos procurados é fundamental. "A ajuda da população é de extrema importância para a segurança de todos e para que a justiça sempre prevaleça", destacou, observando que as denúncias sobre o paradeiro dos procurados podem ser feitas - de forma anônima - através dos fones 3218-6600 (Polícia Civil) e 190 (Polícia Militar).

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.


Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 38
  • 26
  • 60
  • 34
  • 29
  • 50

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.