• Acidente na PR-323 mata cinco pessoas próximo a Tapejara

  • Larissa Ayumi Sato e Rubia Pimenta

Uma colisão frontal entre dois automóveis matou cinco pessoas no final da tarde desta segunda-feira (15) na PR-323 próximo a Tapejara (a 118km de Maringá). Três vítimas faleceram no local e duas morreram no hospital.

 


Leitora Bianca Jacqueline do Nascimento enviou imagem

do acidente ao odiario.com

 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Cianorte, que atendeu a ocorrência, o acidente ocorreu por volta das 18 horas. Uma Parati, de Iporã, com cinco pessoas, bateu de frente com um Renaut Logan, de Tapejara, ao tentar ultrapassar um caminhão.

O motorista do veículo Logan, Evandro César Brati, de 28 anos, o condutor da Parati, Mateus de Oliveira França, de 21 anos, e a passageira dele, Leisse Maria Goulart, 60 anos, morreram na hora.

Cleide de Azevedo D´alvis, de 62 anos, e Shirley Ruelis Amaris, de 54 anos, que também estavam na Parati, foram encaminhadas para Umuarama, mas morreram no hospital.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Umuarama.

Onze mortes em quatro dias

Com as vítimas deste acidente, onze pessoas morreram em quatro dias na PR-323. Na última sexta-feira (12), quatro pessoas perderam a vida em dois acidentes na mesma rodovia.

Avós e neta de Maringá morreram após uma colisão frontal de uma caminhonete Ranger cabine dupla e um caminhão por volta das 5h30 em Jussara (64 km de Maringá), próximo ao trevo que dá acesso a Malu. Segundo a PRE, o caminhão seguia em sentido ao Rio Ivaí, e estaria fazendo uma ultrapassagem, quando colidiu com a caminhonete, que vinha em sentido contrário.

Poucas horas depois, por volta das 16h30, uma nova colisão aconteceu no km 204, próximo a Jussara (a 75 quilômetros de Maringá). Uma pessoa morreu e outras duas ficaram gravemente feridas no choque entre dois carros seguido de capotamento ocorrido às 16h30.

Duplicação

Na última segunda-feira (8), autoridades de toda a região se reuniram na sede da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) para organizar uma campanha pela duplicação da PR-323, no trecho de 210 km entre Maringá e Iporã.

Durante o encontro, o comandante da Polícia Rodoviária Estadual, capitão Ademar Paschoal, chamou a atenção para o alto índice de acidentes na rodovia. "Não dá para falar em um trecho mais problemático; acontecem mortes em toda a extensão."

Segundo dados da Polícia Rodoviária, de janeiro a outubro deste ano foram registrados 731 acidentes na estrada, com 35 mortos e 460 feridos.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.


Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 47
  • 20
  • 35
  • 4
  • 59
  • 24

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.