• Perigo! Glúten

  • Especial para O Diário Adriana Santos

O consumo exagerado de pães, massas, lanches e comidas prontas tem sido considerado o gatilho de uma reação orgânica classificada como "alergia alimentar tardia", também conhecida como intolerância, sensibilidade ou alergia escondida. O principal vilão, nesse caso, é o glúten, uma proteína encontrada no trigo, na cevada e no centeio.

A intolerância ao componente pode afetar a saúde e, segundo especialistas, o problema é mais comum do que se imagina. Os sintomas da sensibilidade ao glúten incluem diarreia ou prisão de ventre, anemia, rinite, sinusite, alterações na pele, doenças autoimunes, enxaqueca, depressão, e outras.

João Claudio Fragoso


Lídia enfrentou uma maratona para encontrar
certos tipos de alimentos

A empresária do ramo de produtos naturais para alérgicos, Lídia Eguchi, há mais de dez anos descobriu que tinha um sangramento no intestino, que a fez cortar das refeições o leite e outras proteínas. Mesmo depois ter tratado o problema, alguns sintomas continuaram acentuados, como o refluxo.

"Percebi que eu tinha muito refluxo sempre que comia massas, foi aí que passei a pesquisar mais sobre o assunto e descobri que o que eu tinha era um tipo de intolerância ao glúten", conta Lídia, que aboliu do cardápio qualquer tipo alimento à base de farinha, que contenha glúten.

A nutricionista Eloísa Liranço, afirma que a retirada dessa proteína da dieta geralmente leva à melhora ou ao desaparecimento dos sinais. "Já existem vários estudos que comprovam que o consumo do glúten pode prejudicar a saúde como um todo", explica.

De acordo com a nutricionista, uma dieta regrada, por um determinado tempo, tende a provocar benefícios incontestáveis para a saúde de quem sofre com a reação alérgica a algum tipo de alimento.

A melhora, segundo Lídia, foi significativa e hoje, ela aprendeu a lidar com a intolerância. De tanto estudar e inventar receitas alternativas para substituir as proteínas por outros nutrientes, Lídia, que também tem um filho de sete anos, alérgico à lactose, carne de porco, ovos, peixes e crustáceos, sentiu necessidade de abrir uma loja de produtos naturais.

"Eu enfrentei uma maratona estressante para encontrar certos tipos de produtos que pudessem ser consumidos por mim e pelo meu filho. Foi assim que nasceu o Cantinho do Alérgico, para facilitar a minha vida e poder ajudar aos outros", ressalta.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 1
  • 7
  • 30
  • 43
  • 44
  • 54

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.