Publicidade

21/11/2011 às 17:24

Duplas sertanejas sofrem com as mudanças de cantores

Algumas duplas sertanejas lembram até o poema "Quadrilha", de Carlos Drummomd de Andrade ("João amava Teresa que amava Raimundo/ que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili/ que não amava ninguém").

Divulgação

Hugo e Gabriel: nova dupla com

ex de Hugo Pena lançou CD e

DVD este mês em Maringá

Trocam de duplas, trocam de nome e vão se perpetuando em novas duplas, novas formações, às vezes até com denominações similares ou até iguais.

Não faz muito tempo, a dupla maringaense Hugo Pena & Gabriel se tornou um bom exemplo desse "troca-troca" sertanejo. Em maio, a dupla oficialmente se desfez após quase duas semanas de boatos do fim da parceria.

Hugo Pena disse, via Twitter, que "foi demitido do meu próprio nome"; já Gabriel e o empresário Marcos Carlesse soltaram nota oficial dizendo que HP havia abandonado uma série de shows no fim de semana da Páscoa.

Em outubro, Gabriel voltou à cena com um novo parceiro. A dupla agora se chama Hugo e Gabriel e gravou seu primeiro DVD em Maringá em junho.

Artistas da Som Livre, lançaram no dia 9 de novembro na cidade o CD e DVD "Ensaio Acústico Gravado". Já Hugo Pena segue em carreira solo.

As brigas e separações não são exclusividade de duplas famosas e com anos de estrada. Em Maringá, Roberta & Santiago e Kathelen & Santiago têm algo mais em comum além de terem em sua formação um cantor e uma cantora e o nome Santiago.

O Santiago original da dupla Roberta & Santiago é o mesmo Santiago que canta ao lado de Kathelen, na dupla da jovem promissora cantora.

Caminho de Santiago

Parece história de novela. Santiago era parceiro de Roberta, mas os dois brigaram. Roberta achou um outro companheiro e fez o moço trocar de nome só para não ter que mudar o nome da dupla. Simples assim.

O Santiago original não tardou a achar uma nova parceira. Nos sertões da duplas sertanejas, ele encontrou uma nova, jovem e promissora cantora solo, Kathelen, e formou uma nova dupla: Kathelen e Santiago. Não é uma novela, é a vida real das duplas sertanejas, um troca-troca de parcerias e nomes.

A atual dupla Roberta e Santiago foi formada no dia 12 de outubro. Até essa data, Roberta tocava com outro Santiago (o mesmo que atualmente canta com Kathelen).

"O Santiago quis terminar a dupla. Ele disse que não estava satisfeito e pediu para sair enquanto estávamos em uma turnê pelo Mato Grosso", diz Roberta. "Estava um mal-estar dentro da dupla".

Após a saída de Santiago, o novo parceiro de Roberta nos palcos passou a ser Maicon, um dos integrantes da banda que já a acompanhava nas apresentações. Só que Maicon deixou de atender pelo nome de Maicon.

Virou Santiago. E a dupla permaneceu Roberta & Santiago, mas com um Santiago que tem uma nova cara e uma nova voz.

"O Maicon fazia parte da banda, tocava violão, guitarra, sabia cantar e conhecia as nossas músicas", justifica Roberta. A cantora sertaneja canta desde 2008 e diz que pensou no lado profissional.

"Até pensei em sair como cantora solo, mas sou muito tímida e não me sentia à vontade para estar sozinha no palco, então resolvemos montar a dupla. Acho que fica mais bacana assim".

Divulgação

Kathelen e Santiago: dupla maringaense está gravando CD com o produtor César Ribeiro, que já trabalhou com artistas como Grupo Herança, Tony e Tiago e Luan Santana


Mudanças

Com a troca de Santiago, a dupla teve que fazer diversas mudanças: gravar um novo CD com a voz do novo cantor, material promocional com a foto da nova formação, novo site, enfim. Em uma semana, o CD estava sendo gravado, e a foto, arte, cartaz, flyer, ônibus adesivado já estavam prontos.

Para Maicon, ou melhor Santiago, a diferença entre ele o "outro" Santiago (o de Kathelen) é a experiência. Ele tem 15 anos de carreira e vem do pop. Sua voz é mais grave que do seu antecessor e, por sua formação e influências, tem um estilo diferente que dá um contraste com Santiago de Kathelen, que sempre viveu do sertanejo.

"Hoje, não tem muita diferença em se cantar pop e sertanejo. A maior diferença está na postura no palco, não tanto no estilo de se cantar", diz Maicon, ou melhor o novo Santiago. Maicon tocava na banda pop EFX, de Foz do Iguaçu e que depois foi para Curitiba.

O novo CD de Roberta e (o novo) Santiago ficou pronto no dia 11 de novembro, mas eles ainda não têm previsão de lançamento e o site oficial ainda está em manutenção. O álbum trará músicas do primeiro CD da dupla na voz da nova formação e também músicas novas. "Para o próximo álbum já devemos ter músicas da dupla", diz Santiago.

Com a nova formação, a dupla já fez cinco shows em cidades do Paraná e Santa Catarina. Segundo a dupla, o público reagiu bem ao novo Santiago.

"Embora muita gente questione o motivo da mudança, inclusive nas redes sociais, não tivemos críticas", diz Roberta. "A gente estava muito nervoso quando subiu no palco com essa formação. Não sabia qual seria a reação do público, a casa estava lotada e o repertório mudou para fazer esse trabalho novo, pois tivemos que tirar algumas músicas que eram de autoria do outro Santiago", diz.

Roberta é maringaense e Santiago de Medianeira. Até agora a dupla não tem nenhum show agendado para Maringá. "Em três anos fizemos apenas três shows aqui. É muito difícil fazer sucesso na cidade. As pessoas te vêem todos os dias, se acostumam a você e não dão valor. Quando o show é em uma cidade de fora, dão mais valor",diz Roberta.

Divulgação

Roberta e Santiago: nova formação já fez shows em cidades do Paraná e de Santa Catarina

Kathelen e... Santiago

A cantora Kathelen Siqueira tem 16 anos e canta sertanejo universitário há 6 anos. No início do ano, ela lançou um CD com 13 músicas, trazendo canções que ela própria definiu como um "pop sertanejo universitário romântico". Ela já tinha site, material de divulgação e começava a fazer seus primeiros shows.

Há cerca de um mês, tudo mudou. Ela formou uma dupla com Santiago (ex-Roberta e Santiago). "Achei que ia melhorar formando a dupla. É difícil ficar sozinha em um show e ter que fazer tudo", confessa Kathelen
Santiago fez parte da dupla com Fernando e Santiago.

Quando eles se separaram, em 2008, Fernando montou uma nova dupla, Fernando e Sorocaba, que pouco depois lançou seu primeiro sucesso nacional. Depois teve outros projetos - inclusive a dupla com Roberta, assunto de que não quis falar. Com 31 anos, são 16 anos de carreira (a idade de Kathelen), 8 CDs e 2 DVDs.

"Eu já tinha ouvido a Kathelen, notei a voz potente e o timbre diferenciado e a convidei para formar um duo. Ela gostou da ideia e acho que só temos a melhorar como dupla", diz Santiago.

Kathelen & Santiago estão em estúdio gravando seu novo CD com o produtor César Ribeiro, que já trabalhou com artistas como Grupo Herança, Tony e Tiago e Luan Santana. O álbum trará músicas de Kathelen, de Santiago e de outros compositores. A dupla define seu estilo como "sertanejo universitário" e "sertanejo bruto".

Com menos de um mês, a nova dupla já fez dois shows e está esperando a gravação do CD e elaboração do material de divulgação para "caírem na estrada".

Nos shows que já fez com Santiago, Kathelen diz que se sentiu "mais segura - agora um ajuda o outro no palco."

"Diferenciado"

Para a dupla, o fundamental para conquistar o sucesso é ter um trabalho "diferenciado" - a palavra, definitivamente, é multiuso. "Somos diferentes por sermos um duo. Um menino e uma menina", diz Santiago.

"Ela tem um timbre diferenciado, um estilo próprio e um perfil country que é autêntico, pois a Kathelen foi criada na fazenda, anda de cavalo e de trator desde pequena."

 

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

últimas notícias

Publicidade

Shopping

Publicidade

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Publicidade
*Os estabelecimentos podem modificar preços, cardápios, atrações, formas de pagamento e horários sem aviso prévio.
Voltar ao topo
vivamaringa.com.br 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - O Diário do Norte do Paraná. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.